sexta-feira, junho 27, 2008

sou igual

Muitas vezes quis acreditar que era diferente. Alguma coisa em mim me tornava especial. Tinha orgulho nessa minha diferença e em tudo o que fazia para alimentar a minha unicidade, fazendo o bem para que ele voltasse a mim. Senti que tudo o que era forte e bom na minha vida, era também diferente, melhor, mais sólido, mais profundo, um exemplo do acreditar que podemos ir mais longe e deixar que o grande sentimento se instale pra ficar.

A dura realidade não é isso que me diz. Diz-me mesmo que sou igual. Que tenho as mesmas incapacidades para enfrentar adversidades, que 1 + 1 são sempre 2, que nem sempre colho o que semeio e que a ilusão talvez seja o meu maior inimigo.

Bad Day. Vários, até.

3 comentários:

ML disse...

lamento mas discordo nessa do seres igual! percebo que te sintas assim, mas não deixes de acredita amiga porque eu tenho uma certeza: tu és mesmo ÚNICA e este post é a prova disso!!!

ML a blogmate que te tem deixado por aqui sozinha... (não perdes pela demora)

Carolina disse...

Not true!!
bjs

tuBo em cima disse...

vocês nunca me deixam ficar mal!!
realmente, já devia saber que a minha vida é mesmo assim, as cacetadas vêm aos molhos e ao mesmo tempo... mas depois também curto muito quando o "quadro" melhora...
obrigada por me ouvirem sempre!