quarta-feira, abril 26, 2006

O(a)s Kitten dos nossos dias


Fomos na expectativa de ver um filme mais underground e acabámos entre gargalhadas (algumas, ainda que tímidas dada a delicadeza dos temas) e compaixões.

A acção decorre tendo como pano de fundo o conflito entre as duas irlandas, ambiguidade sexual, crises de identidade, intemporalidade da amizade, opções religiosas, sociais e políticas. Embora centrado no travestismo (melhor, numa fase "embrionária" da transexualidade), é um filme que nos expõe a vários tabus característicos dos anos 70, latentes nos dias de hoje.

Patrick “Kitten” Brendan (Cillian Murphy), irlandês abandonado pela mãe à nascença, sobrevive a uma realidade hostil graças ao seu encanto. A interpretação de Cillian Murphy é completamente absorvente. Fez-me pensar em todas as Kitten que conhecemos… optimismo, entrega incondicional ao (novo) amor e ingenuidade…

Breakfast on Pluto, escrito e realizado por Neil Jordan

3 comentários:

tiago disse...

será que podemos incluir o Michael "Keaton" neste grupo... lanço o tema para discussão.

Kate Moch disse...

Filha! Os filmes que tu tens paciência para ver...

tuBo em cima disse...

ó kate eu sei que esses filmes não devem de chegar aí ao meio da serra, mas te garanto que irias gostar!!! és uma miuda sensivel e de bom gosto